quarta-feira, maio 09, 2012

130 anos de Lavras do Sul

.





Lavras Chinoca

 "Você sabe onde eu moro ? 
qual a terra que eu adoro ? 
Que igual eu nunca vi ! 
 É uma terra pequenina 
que faceira se reclina 
na serra do batovi.

 Lavras, é seu doce nome. 
Que de orgulho se consome, 
neste feito grandioso. 
 Teve a glória do destino, 
ser o berço de Lícinio 
Athanásio de Cardoso. 

 Esta terra que se enfeita 
de vaidosa se deleita 
nas águas do paredão. 
 É um chinoca faceira, 
com olhar de feiticeira 
toda cheia de ilusão. 

 E esta chinoca que eu falo 
com orgulho e não me calo 
de dizer que é toda minha 
 Além de linda mulher, 
há de ser se Deus quiser 
uma famosa rainha." 

 Edilberto Teixeira



PARABÉNS, LAVRAS! MEU ABRAÇO DE LAVRENSE DE CORAÇÃO.


.

2 comentários:

✿ chica disse...

Linda homenagem!!Bela poesia!beijos,chica

Rosamaria disse...

Obrigada, Chica!
Bjim

 
^