quarta-feira, janeiro 26, 2011

Recebido por e-mail





Sul da Ásia 
(foto de um pps recebido por e-mail)


"A vida humana é belíssima, mas brevíssima.Tão breve como as gotas de orvalho que aparecem na calada da noite, cintilam ao amanhecer e se dissipam ao calor do sol. Cada um de nós vive num pequeno parêntese do tempo. Envolvemo-nos em tantas atividades sociais que não percebemos o mistério que cerca a existência . A infância e a velhice parecem tão distantes, mas são tão próximas. Num instante parecemos eternos, no outro, uma página na história. Por ser tão breve a vida, deveríamos vivê-la com sabedoria para sermos cada vez mais pais, educadores e profissionais inteligentes, jovens mais sábios, amigos mais afetivos."


(Recebi por e-mail da minha amiga Selma)







3 comentários:

Luciana disse...

Bom dia Rosa,

Agradeco de todo coracao sua dica. Uma pena que voce nao possa mas fazer croche, realmente é algo apaixonante e que me relaxa muito é minha terapia. Um grande beijo e boa quinta-feira para vc.

J.F. disse...

Rosa,
Belíssimo pensamento. Se todos lembrassem sempre disso, a vida seria bem diferente.
Abração.

Luma Rosa disse...

:=))) Rosa, você é especial!! Sortudas as pessoas que convivem com você! Obrigada!

 
^