quinta-feira, outubro 09, 2008

Dedos moleques

.




foto dos meus panos de prato


A mão pequena e lisa, como que munida de um frenesi musical não parava de ir e vir, ora ao doce receptáculo, ora aos lábios.
Cá e lá. Lá e cá.
A língua ousava estender-se, acompanhando o ritmo surdo, procurando nuances de sabor em cada gota caçada com indizível prazer.
Dedos trabalhavam leves, umedecendo-se no líquido viscoso, trazendo-os à boca que, gulosa, os sugava sem nenhum decoro.
Os últimos e insistentes movimentos de cabeça denunciavam o final, um êxtase, o clímax do sabor que jamais se desfaria em reminiscências.
Bons tempos aqueles, limpando a tigela de compota da vovó.

Ordisi Raluz




Vi este texto agora lá no blog da Luci. Amei! Trouxe pra cá.

.

5 comentários:

Aninha Pontes disse...

Rosa querida, já tinha lido lá no Ordisi.
Ele é supimpa!
Muito legal o texto né?
Beijinhos

Georgia disse...

Muito lindo o texto.

Já te respondi lá na Saia

Bom fim de semana, beijao

Meire disse...

Rosa, fiquei encantada com seus panos de rato.
Bjs

Luci Lacey disse...

Rosa

Minha querida, carregue o que quiser do Hippos, fique a vontade.

Agora ficou completo, o texto do Ordisi e o motivo com seu pano de prato.

Parabens aos dois

Beijinhos ebom final de semana.

Ana disse...

Adorei!

E a foto ficou ótima!

 
^