domingo, outubro 12, 2014

Dia da criança 2014

.


Nesse Dia da Criança, quero homenagear a todas as crianças, inclusive a que existe dentro de você e que nos visita agora,  através dos meus filhos, Flávio, Hebe, Sílvio, Gabi, Pati e Miguel e dos meus netos, Maria Antônia, Maria Clara e Antônio


Nós e nossas crianças, inclusive duas "emprestadas", o Cauã e o Ailã




Que vocês todos tenham um dia muito feliz e sigam esses conselhos



Todo mundo carrega dentro de si uma criança.
E todo mundo aprende a reprimi-la para ser adulto.
Crescemos e "temos" que ser sérios.

Quantas vezes você já não ouviu alguém dizer: "deixe de criancice!"?
E desde quando precisamos deixar de ser crianças?

Ria de você mesmo, seja "ridículo",
brinque na chuva, de fazer castelos na areia, de fazer castelos no ar…
sonhe, faça bagunça no meio da rua, cante na hora que der vontade,
converse com você mesmo como se tivesse conversando com um amiguinho,
assista desenho animado e veja a sua vida
como se ela fosse um desenho animado,
brinque com uma criança… como uma criança…

Fique feliz simplesmente por ficar,
sorria e ria sem motivo,
ria de você, dos seus dramas, do ridículo das situações…

E acredite na pureza do ser humano…
na pureza de criança que talvez esteja escondida,
mas que existe em cada um de nós.

Para alguns você vai parecer louco, bobo ou infantil…
mostre a língua para esses "alguns" e diga,
como uma criança: "sou bobo mas sou feliz!"

Esses "alguns" com certeza têm uma criança maluquinha,
doida pra fazer bagunça também.

A vida já é muito complicada para vivermos sérios e carrancudos.

E isso tudo não é deixar de viver com seriedade…
é viver com a leveza de uma criança
e obrigações de adulto.

Fica muito mais fácil viver assim.

Então, coloque uma panela na cabeça
e solte o menino(a) maluquinho(a) que existe dentro de você!
Só não vale subir no muro e achar que sabe voar, né?"

Feliz Dia das Crianças!





Poema Dia das Crianças


"Ficar de novo pequenina




Olhando as crianças brincando
Comecei a pensar
Talvez quando eu era criança
Adulta eu queria ficar…

E mil lembranças
Voltam em minha mente
De quando eu era pequenina
Uma criança somente…

Muitas recordações…
Dias felizes… As emoções
E até das tristezas
Que um dia tive….

Será mesmo que aproveitei?
Será que eu valorizei?
A grandeza… A alegria…
Aquela vivência em plena “folia”?

Será que o adulto eu analisei?
Será que eu acreditei?
Que tudo seria melhor quando eu crescesse?
E adulta eu fiquei!

E hoje quero confessar
Que a infância me fascina…
E que eu daria tudo…
Pra ficar de novo pequenina!"




sábado, outubro 11, 2014

Outubro Rosa 2014







OUTUBRO ROSA é uma campanha para conscientizar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.


O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org).
(Continuem lendo aqui)




Participe você também, clique na imagem abaixo e ajude na campanha da Mamografia DIGITAL GRATUÍTA. Ao lado tem a mesma imagem, cada vez que você for lá no site e clicar, estará ajudando, faça isso regularmente.
Mas não só no mês de outubro, este assunto é muito importante e tem que ser lembrado sempre, fazendo o auto-exame de mamas, explicado aqui.






Participe no seu blog ou no facebook, colocando o hashtag #antes de Outubro Rosa.



.

quinta-feira, setembro 25, 2014

AS ORIGENS - Tabajara Gaucho da Costa




.

Amigos, ando afastada do blog, mas não poderia deixar de divulgar o lançamento do livro do Tabajara. Já deveria ter acontecido, mas os contratempos impediram, e foram muitos. Agora, com data marcada, ele teve uma arritmia e foi parar na UTI, graças a Deus e às orações de tantos amigos, ele superou e vai cumprir a data.

Tenho o maior orgulho dele! Sei do carinho, dedicação e esforço feito.







Não posso deixar de dar um elogio à Flávia Rigo, única que esteve sempre junto, revisando, dando força e ajudando nos trâmites até chegar a ser editado.


.




terça-feira, junho 17, 2014

Receitas juninas (só porque é junho...)

.

Este post foi publicado duas vezes, agora, como é época de festas juninas e tenho recebido pedido de receitas por e-mail, trago novamente.


As duas primeiras receitas são minhas, a de doce de abóbora e a cocada são bem como faço. As fotos são do Google e os comentários foram conservados.



Arroz-de-leite


Cozinhar:
1 xícara de arroz
em 1 1/2 litro de leite
1 pitada de sal

Acrescentar:
1 lata de leite condensado
½ litro de leite quente

Deixar ferver um pouco e, se precisar, colocar mais leite.
O arroz tem que ficar bem solto no leite.
Quando tiver bem cozido, retire do fogo e acrescente 4 gemas passadas na peneira
Volte ao fogo para engrossar.
Retire novamente, deixe resfriar e coloque1 lata de creme de leite
Sirva em taças e polvilhe canela em pó.

Dá pra diversificar o sabor, colocando canela em rama ou raspas de casca de limão enquanto cozinha o arroz.
Um dos meus filhos gosta de colocar calda de açúcar queimado em vez de polvilhar canela em pó.








Canjica cremosa





Ingredientes:
1 xícara de canjica
3 xícaras de leite
1 lata de leite condensado
3 ou 4 gemas
1 canela em pau

Modo de Preparo:


Coloque a canjica de molho em água fria por 8 horas. Escorra e coloque em uma panela juntamente com o leite.
Adicione o pau de canela e leve à fervura em fogo baixo para que os grãos fiquem macios. Teste e, se estiver no ponto, adicione o leite condensado.
Ferva novamente para encorpar o líquido. De uma batida nas gemas e passe na peneira, acrescente ao desligar o fogo.
Sirva quente salpicando com canela em pó.




Doce de abóbora





Ingredientes:
1 kg de abóbora descascada
1 colher (sopa) de cal virgem para uso culinário
4 xícaras de açúcar
2 xícaras de água
12 cravos-da-índia
1 canela em pau

Modo de Preparo:


Corte a abóbora em cubos de 3 cm. Desmanche a cal em

2 litros de água fria e despeje sobre as abóboras.
Deixe descansar por 2 horas. Escorra e elimine a água. Lave
os pedaços de abóbora em água corrente por 2 ou três vezes.
Coloque o açúcar e a água em uma panela e leve
à fervura. Adicione os cravos e a canela. Fure, de leve, os pedaços de abóbora para que a calda penetre. Coloque-os na panela.
Ferva em fogo baixo para que eles fiquem firmes porém macios.
Retire-os com uma escumadeira e coloque em uma compoteira. Reduza a calda até o ponto de fio e despeje sobre as abóboras. Deixe esfriar antes de servir.




Doce de leite em pedaços



Ingredientes:

1 kg de açúcar
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
3 litros de leite integral

Modo de Preparo:

Misture em uma panela grande 3 litros de leite integral, 1 kg de açúcar e 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio.
Leve para cozinhar e, assim que ferver, reduza o fogo. Cozinhe por mais 3 horas e 45 minutos, mexendo de vez em quando, ou até obter uma mistura cremosa.
Retire do fogo e continue a mexer até a massa começar a ficar opaca.
Espalhe-a em uma superfície lisa e umedecida com água, na altura de 1,5 a 2 cm. Em seguida, corte-a, ainda morna, no formato de retângulos ou losangos.






Cocada






Ingredientes:

250 g de açúcar refinado
250 g de côco fresco ralado
100 g de leite condensado

Modo de Preparo:


Numa panela, leve ao fogo 200 g de açúcar com 60 ml de água e deixe até caramelizar levemente (dependendo da intensidade de cor que deseja dar ao doce). Adicione o côco, o açúcar restante e o leite condensado, misturando sempre com uma colher de pau até que a calda se torne espessa e em ponto de fio. Transfira para uma compoteira

e decore com cravo-da-índia. Se preferir uma versão mais firme, deixe a calda encorpar mais,despeje a mistura sobre uma superfície untada com manteiga e espere resfriar para cortar






Bolo de abóbora






Ingredientes:
1 colher (sopa) de óleo
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 xícara (chá) de leite de côco
500 g de abóbora madura picada
1/2 xícara (chá) de margarina light
2 colheres (sopa) de açúcar cristal
1/2 xícara (chá) de amido de milho
Modo de Preparo:


Coloque em uma panela, a abóbora, o leite de côco e o açúcar. Deixe cozinhar, em fogo baixo, por 40 minutos, ou até a abóbora estar bem macia. Mexa bem para ela ficar cremosa. Retire e, assim que esfriar, misture a margarina. Peneire em uma tigela a farinha de trigo, o amido de milho
e o fermento. Despeje o creme de abóbora e misture bem, mas sem bater.Unte uma forma para pudim,de 1,5 litro com o óleo e polvilhe com o açúcar cristal. Despeje a massa e coloque para assar em forno médio, pré-aquecido, por 45 minutos, ou até que, enfiando um palito, ele saia limpo.

Fonte: Revista Água na Boca










Bolo de fubá




Ingredientes:
3 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de fubá
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de leite
1 xícara (chá) de óleo
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
1 colher (sobremesa) de sementes de erva-doce

Modo de Preparo:

Coloque no liquidificador os ovos, o leite, o óleo, o açúcar,
o fubá e a farinha de trigo. Bata bem até obter uma mistura homogênea. Junte o fermento e as sementes de erva-doce e misture sem bater. Unte e enfarinhe uma forma com furo no meio e despeje a massa. Leve ao forno preaquecido em temperatura média (200oC) até dourar,ou até que,enfiando um palito no bolo ele saia limpo. Desenforme o bolo ainda morno e, se preferir, salpique açúcar e canela antes servir.
Fonte: Revista Menu




Broa de fubá





Ingredientes:
1 e 1/2 xícara (chá) de fubá
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 pitada de sal
1 xícara (chá) de manteiga
1 xícara (chá) de leite
6 ovos

Modo de Preparo:


Peneire numa tigela 1 xícara (chá) de fubá com a farinha de trigo, o açúcar e o sal. Reserve. Misture numa panela a manteiga (reserve 1 colher de sopa), o leite e 1 xícara (chá) de água.Leve ao fogo e, assim que ferver,junte de uma vez os ingredientes secos. Mexa vigorosamente e cozinhe por 20 minutos, sem parar de mexer, até obter um mingau encorpado. O fubá deve ser bem cozido como se fosse polenta. Retire do fogo, despeje numa tigela e deixe esfriar por 15 minutos, mexendo de vez em quando. Ligue o forno

à temperatura média. Em seguida, adicione os ovos, um a um, mexendo sempre a cada adição. Continue mexendo vigorosamente até a massa ficar macia e um pouco mole (não é ponto de enrolar). Umedeça uma tigela de 10 cm de diâmetro (do tamanho de 1 xícara de chá) e polvilhe com parte do fubá restante. Coloque, na tigela, um pouco mais de 1 colher (sopa) da massa. Rode a tigela para formar as broinhas e disponha-as numa assadeira untada com a manteiga reservada. Deixe uma distância de 2 cm entre as broas. Repita a operação até terminar a massa.Sempre que necessário,umedeça um pouco a tigela e coloque mais fubá. Leve ao forno por 25 minutos, ou até as broinhas dourarem. Retire do forno e sirva quente.

Fonte: Revista Menu





Doce de batata-doce










Ingredientes:



2 kg de batata-doce
açúcar
leite puro de 1 côco

Modo de Preparo:

Cozinhe, descasque e passe as batatas pelo espremedor. Meça as xícaras de massa de batata para juntar a mesma quantidade de açúcar. Misture e leve ao fogo, mexendo até começar a largar da panela; acrescente o leite de côco e mexa até dar o ponto em que, ao virar a panela, o doce se desprenda completamente. Ponha em compoteira.






Curau de milho





Ingredientes:
12 espigas de milho verde
8 xícaras de leite
2 e 1/2 xícaras de açúcar
pitada de sal

Modo de Preparo:


Lave muito bem as espigas de milho, rale-as em um ralador cuidadosamente e, depois, raspe bem os sabugos com a ajuda de uma colher. Coloque em uma tigela e acrescente
o leite. Misture bem e deixe a massa descansar por 10 minutos. Coloque em um pano bem limpo ou peneira fina e esprema muito bem. Unte uma forma de bolo (com furo no meio) com um pouco de óleo de canola. Coloque em uma panela o caldo de milho e acrescente o açúcar, misture
bem e leve ao fogo cozinhando lentamente até que o curau engrosse, cerca de 40 minutos. Despeje a mistura na forma untada e deixe esfriar. Leva à geladeira e sirva, salpicando com um pouco de canela.




Se você quer receitas diet das delícias do arraiá encontra aqui



Bom proveito!


.








sábado, junho 07, 2014

Órgão do Mar - Zadar - cidade da Croácia

.







Situado na costa da cidade de Zadar, na Croácia, encontramos o Órgão do Mar:
degraus cravados nas rochas que têm no seu interior um interessante sistema de tubulações que, quando accionados pelos movimentos do mar, forçam o ar e dependendo do tamanho e velocidade das ondas, criam belas notas musicais, de sons aleatórios.

Criado em 2005, ganhou o prémio europeu para espaços públicos (European Prize for Urban Public Space). O Órgão do Mar recebe turistas de várias partes do mundo que vêm apreciar a música original portadora de muita paz.

O lugar também é conhecido por oferecer um belo pôr-do-sol, o que agrada ainda mais às pessoas que visitam a localidade.

Zadar é uma bela cidade litoral da Croácia e foi duramente castigada durante a 2º Guerra Mundial.

A criação do Órgão é também uma iniciativa para devolver um pouco do que o lugar perdeu com tanta destruição e sofrimento.

Veja a estrutura interna das 'escadas', o detalhe das cordas e notas musicais
que com a energia das ondas criam os lindos sons naturais:





Os buracos (superiores e laterais ) no cimento servem, não só para o Órgão 'respirar',
como também para conduzir os sons criados nos tubos







Vocês podem ouvi-lo aqui:


.



Recebi por e-mail da minha amiga Marluci Costa.


Update:

Post publicado em 08/02/2008

Voltei nesse post pra mostrar para o Flávio e a Hebe que talvez visitem a Croácia em agosto e achei esse outro vídeo no Youtube bem mais interessante e com mais informações:

.

terça-feira, maio 27, 2014

Gramado, RS

.

Dias 29 - 30 de março, fizemos um encontro da família em Gramado. O Flávio tinha um congresso e aproveitamos pra reunir a turma, o que é muito difícil. Como sempre falta alguém, desta vez foi o Miguel, que já tinha compromisso.

Saímos cedo,  chegamos depois de 5 horas de viagem. Gramado é uma cidade maravilhosa e estava toda enfeitada para a Páscoa, embora os festejos ainda não tenham sido iniciados.





Nosso encontro foi na praça central, em frente à igreja. Muita saudade sempre.





Almoçamos no Mamma Mia

Os coelhinhos na entrada





E a alegria do encontro. É muito amor!





Visitamos a Casa do Papai Noel, que fica aberta todo o ano.









Pelas redondezas da casa que alugamos



o Lago Negro, com a Telma



Os coelhinhos e matando a saudade




O Antônio já tinha feito passeios antes de chegarmos. Aqui com os dinossauros




E assim vou postando, mesmo depois de algum tempo, no ritmo que posso, para guardar recordações de dias tão felizes. E que venham mais...pode ser em casa mesmo.

Obrigada, meus filhos por nos proporcionarem dias assim.


.



domingo, maio 11, 2014

ROSA 147 - 10 de maio de 2006/2014

.







Ontem o ROSA147 estava de aniversário, mas não deu pra vir comemorar, estava ocupada começando as comemorações do Dia das Mães.

As atividades já foram grandes aqui, postava com frequência e tinha muitas visitas. Mas como a maioria dos blogs, acho que com a intervenção das redes sociais, o movimento foi diminuindo. Já estive meses sem postar, mas voltei, embora não tão frequentemente.

Durante esses 8 anos fiz amigos queridos, muitos dos quais me comunico até hoje, no Facebook ou por e-mail e tive a oportunidade de "desvirtualizar" algumas. Aprendi muito. Meu Deus como aprendi! Tive muitas alegrias!  Agradeço a todos que me visitaram, deixando comentários ou não, principalmente os mais assíduos que não deixaram nunca de deixar uma palavra de carinho. Agradeço, mais uma vez, à Ana, do Roccana, que foi quem me incentivou a criar o blog e o salvou, quando perdi por pura bobeira de não saber lidar com a internet. Ela é a madrinha do Rosa147, sem ela ele não existiria.

Agradeço os 7332 comentários, deixados em 1191 posts. Apesar da correria da vida, me orgulho de ainda estar aqui, quando tantos blogs fecharam suas portas. E espero ficar por aqui enquanto eu puder, pois assuntos não faltam, o que falta é tempo.

.







Dia das Mães 2014

.


Quando eu me atraso em responder os e-mails, as notificações no Face, os reblips e replays na Blip.fm, sem falar em atualizar o blog, fico que não sei por onde começar. Hoje vou começar por aqui.





Hoje é dia de comemorações, de alegrias e também de saudade.


As alegrias começaram ontem com a chegada da Pati




 e as comemorações com uma janta no Restaurante Augusto 




E continuaram hoje, num almoço maravilhoso, feito pela Pati e o Taba (não tirei fotos)

e uma torta feita pela Rosane






Como sempre falta alguém, desta vez o Flávio, a Hebe e o Antônio não puderam vir, mas mandaram uma foto e sei que estavam comigo em pensamento. O Miguel também não veio, mas não esqueceu de mim.







E a saudade, muita saudade, da mãe e o do pai.




Mãe e pai

Estejam onde estiverem, recebam hoje o meu eterno amor. Mãe, pelo Dia das Mães e pai, por hoje estar fazendo mais um ano que foste pra junto do Pai.






 Para todas as mães que passarem por aqui, deixo o meu abraço mais carinhoso



.

 
^