terça-feira, março 03, 2009

A sentença final do processo da Flavia

.

Tanto que rezamos, fizemos pensamento positivo e cruzamos os dedos e o resultado do julgamento não foi como imaginamos. Não tenho palavras para dizer da minha indignação por termos uma justiça tão injusta no Brasil.

O post de Odele, mãe de Flávia:

10 ANOS DEPOIS, É ESTA A SENTENÇA FINAL DO PROCESSO DE FLAVIA.

Amigos e leitores do blog de Flavia:

Hoje, 10 anos e um mês depois de eu ter entrado na Justiça Paulista, foi iniciado e concluido o julgamento do processo de Flavia pelo Superior Tribunal de Justiça em Brasilia - última instância - e é este o resultado:

1. A empresa fabricante do ralo da piscina que sugou os cabelos de Flavia, JACUZZI DO BRASIL, NÃO FOI CONDENADA. Quatro votos contra nossos argumentos e um a favor. Ou seja, apenas um dos cinco ministros de justiça considerou a Jacuzzi co-responsavel pelo acidente com Flavia.

2. Foi excluida minha co-responsabilidade no acidente.

Se vocês se lembram, os reús (todos) argumentavam que eu era co-responsável pelo acidente e os juizes de São Paulo, nas duas sentenças aqui proferidas, vinham acatando esses argumentos e me consideram co-responsável pelo ralo da piscina ter sugado os cabelos de minha filha .

3. O CONDOMÍNIO JARDIM DA JURITI FOI RESPONSABILIZADO 100% pelo acidente com Flavia.

4. A empresa de seguros AGF BRASIL SEGUROS FOI CONDENADA por não ter me pago o seguro, quando por mim solicitado e no momento devido.

É isso.

Vou chorar um pouco, mas depois eu volto.

Até o próximo post.




Odele, a justiça de Deus não é falha como a dos homens!

.

12 comentários:

Odele Souza disse...

Rosa querida,

Estou passando para te agradecer por este post.

Um forte abraço.

Magui disse...

Difícil aceitar decisões judiciais que não nos atenda.

Meire disse...

A Jacuzzi é forte, tem bons defensores e se livrou...nao entendo de leis, talvez a Odelle possa recorrer...
Bjs

Odele Souza disse...

Sobre o comentário da Meire:

- NÃO cabe mais recursos na sentença judicial de Flavia. Já recorri em todas as instâncias. (Primeira, Segunda e Terceira)
- Sim, a Jacuzzi é forte, mas também eu tive um bom defensor. Meu advogado sempre foi muito competente. Mas não basta ter advogados competentes, pois a justiça não depende deles, mas de juizes e ministros de justiça que na maioria das vezes são muito arrogantes e se consideram acima do bem e do mal.

Beijos.

Ana disse...

Que coisa...

Sonia H. disse...

Que absurdo!
A justiça brasileira é tão injusta...
Mas a de Deus, tenham certeza, não falha.
Beijos,

Cejunior disse...

Nem sei o que falar...

tita coelho disse...

Triste demais Rosa! Fiquei indignada!
beijos

Meire disse...

Boa tarde querida!

Georgia disse...

Oi Rosa, li lá na Odele, ontem.

Bjus

elisabete cunha disse...

Rosa

nOSSO PAÍS SÓ VENCE QUEM TEM MUITO DINHEIRO!


ESTAREI COM ELAS ATE O FIM

Oliver Pickwick disse...

Do presidente do Supremo Tribunal Federal ao mais novato dos magistrados. A justiça fede. Triste desfecho!
um beijo!

 
^