sábado, novembro 29, 2008

Dino

.




Este é o computador que estou usando enquanto estiver em Florianópolis. Como é muito antigo e vagaroso, foi apelidado carinhosamente de Dino. Mas ele torra a minha paciência!
Hoje estou no notebook do Flávio, vou poder visitar alguns amigos e programar alguns posts.
A gente sempre se acostuma com o que é bom. Antigamente eu não reclamava da velocidade dele, pobrezinho.
.


3 comentários:

Aninha Pontes disse...

Rosa, o Dino é até muito simpático.
A velocidade ele foi perdendo pelo caminho.
Mas se ruim com ele, pior sem ele né?
Mas vc tem até uma webcam, dá para falar no skipe e ver teu rosto ainda.
Faço isso com a Meiroca, fico olhando prá ela.
Eu não tenho câmera, portanto não pode me ver.
Você é canhota?
Um beijo e bom domingo

maristela disse...

Rosinha. Me lembrou um dino que tive, que funcionava por telefone,eu ligava, ia para a cozinha, fazia almoço, voltava e ...nada. hehehe
bj
cuide-se por aí.
força para esta gente boa que tá precisando.

Carlos Emerson Jr. disse...

E quem falou que as máquinas não envelhecem... rsrsrs Coitado do Dino, qualquer hora dessas vai virar sucata!

 
^