terça-feira, junho 03, 2008

O engano

.




A tia Ida gostava de futebol, poesia, música, mesmo que passasse anos sem tocar, sentava e tocava um tango no piano como ninguém. Era linda, muito alegre, embora a vida tenha sido muito dura para com ela. Mas o que gostava mesmo era de contar e ouvir piadas.





Ela faleceu no dia em que completava 90 anos e numa das últimas vezes que estive com ela, enquanto remexia nuns papéis, me deu esta pérola:




Um estudante, em viagem pelo exterior, ao passar por uma loja de modas, entrou para comprar um presente para sua namorada. Escolheu um finíssimo par de luvas e pediu à encarregada dos pacotes que enrolasse para presente. Mas a mesma trocou as luvas por um pacote contendo uma calcinha de senhora. O estudante, sem tomar conhecimento do engano, enviou-o à sua namorada com o seguinte bilhete:

Querida
Sabendo que dia 12 de junho é o "Dia dos Namorados", quis te fazer uma surprêsa, embora sabendo que o que te mando não usas, pois sempre que saímos juntos nunca te vi usar e gostaria de estar aí perto de ti quando fores vestí-la.
Fiquei na dúvida quanto à cor, mas a moça disse que essa não desbota nem mancha, ela mesma experimentou pra eu ver e ficou muito boa.
Achei um pouco larga na frente, mas ela disse que é para a mão entrar melhor e os dedos se movimentarem à vontade.
Te aconselho que depois de a usares, ponhas um pouco de talco e vires do avêsso para sair o mau cheiro.
Espero que fiques contente com o presente como eu fiquei porque o mesmo irá "cobrir aquilo que um dia irei te pedir".
Sem mais, um abraço do teu...


Demos muita risada, tomamos café com bolo e ficou a lembrança de uma tarde alegre e divertida.


.



6 comentários:

Flavio disse...

Rosa, eu moro na Andradas, pertinho da André Marques. E você, em que canto de Santa Maria vive?


Ps: legal a história da luva!

Georgia disse...

Dei muitas risadas agora, Rosa.

Obrigada.

Luci Lacey disse...

Rosa

Ja pensou a cara da namorada kkkkk

Muito engracado mesmo.

Bom Rosa que sua tia, deixou uma boa semente e nao se amargou com os intemperes da vida.

Beijinhos

Ana disse...

A Tia Ida sempre morou no meu coração! Eu passava horas, lá, conversando com ela!

Linda a tua descrição!

Saudaaaade!

Ana disse...

Esqueci de comentar: adorei a foto dela! E a tua foto nova, no perfil, também!! (Combina mais com teu blog, porque estás super jovial, alegre!!)

Oliver Pickwick disse...

Bonita guria a tia Ida. E pelo visto tinha senso de humor.
Umas sessões de Photoshop ou do Gimp, o programa que uso, deixará esta fotografia como nova.
Um beijo!

 
^