sexta-feira, maio 02, 2008

Esquecer

.



Eu costumo copiar coisas que gosto no início das agendas. Entra ano e sai ano e algumas permanecem. Como esta:


"Perdoar aprendi muito cedo com a vida e tentando ser menos imperfeito do que sou, não pede esquecimento. Perdoarias? Perdoar é uma atitude sublime, pouco própria do gênero humano. Exigir além disso o esquecimento é ir além de nossas forças. Esquecer, além do mais, não seria sábio. Quando as pessoas se relacionam, devem manter os pés no chão. Querer bem, só é mesmo bem querer, quando se quer apesar de, e não por que."

.

7 comentários:

Lunna Montez'zinny disse...

Perdoar? Hummmm - acho que é algo que tento fazer todos os dias.
Ah! Minha agenda é um ninho de poemas vários. Abraços meus e bom fim de semana...

Aninha Pontes disse...

Rosa querida, acho que perdoar é a coisa mais difícil do mundo.
Rezo todos os dias e peço a Deus o dom do perdão. Não é fácil, é um exercíco diário, diante das nossas imperfeições.
Um beijo e bom final de semana.

Oliver Pickwick disse...

Assino em baixo.
Estive no blog da Maristela, conforme sugeriu. É descontraído e engraçado, além de impregnado por uma fina ironia. Ainda por cima é um baú do tempo que Adão era inspetor.
Um beijo!

Rui Caetano disse...

Perdoar e perdoar e porque não?

Rui Caetano disse...

Perdoar e perdoar e porque não?

Anônimo disse...

Olá Rosa, quer fazer uma surpresa para o seu amigo Oliver? Pois, amanhã é o seu aniversário menina rsrs.Felicidades!

Taty

Magui disse...

Bela homenagem.Já fui lá e li o texto que descreve sua filosofia de vida.Valeu!!

 
^