sábado, janeiro 19, 2008

Vaidade



Recebi de uma amiga, gostei e trouxe pra vocês.



Texto de Herbert Viana


Cirurgia de lipoaspiração? Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei, nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas, mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipo-as e muito mais piração? Uma coisa é saúde outra é obsessão. O mundo pirou, enlouqueceu. Hoje, Deus é a auto imagem. Religião, é dieta. Fé, só na estética. Ritual é malhação. Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo, sentimento é bobagem. Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção. Roubar pode, envelhecer, não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação. Filho da puta bem sucedido é exemplo de sucesso. A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem? A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não pensa em mais nada além da imagem, imagem,imagem... Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa. Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa. Não importa o outro, o coletivo. Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política. Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada. Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar, correr, viver muito, ter uma aparência legal, mas... Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados, aos vinte anos não é natural. Não é e não pode ser. Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude. Que eu me acalme. Que o amor sobreviva."




.

11 comentários:

Bruna disse...

Oi Rosa,

Muito bom esse texto.É o que está pegando no momento, todo mundo cuidando do exterior e o interior fica relegado ao último plano, né? é uma inversão de valores sem noção.

Beijo grande

Só Magui disse...

Ele tentou fazer implantes de cabelo logo que começou a ficar careca .E na situação em que ele está o mundo deve parecer assim.Eu acho que quem quer recauchutar-se e pode nada contra. Na parte do caráter equivocado eu concordo com ele.
Se vc for no meu blogue vai ouvir a música que ouvia.Coloquei em sua homenagem.
http://somagui.zip.net

Osc@r Luiz disse...

Confesso que não gosto muito dessa fase "filosófica do Herbert". Preferia ele se sentindo menos "culto" um pouco.
Agora, então, com o ressentimento do acidente acho que ele piorou um pouco mais. No mais, eu concordo com a Magui, porque vez por outra, ele ainda dá alguma "bola dentro".
Um beijo, minha amiga!

tita coelho disse...

Rosa,
Cuidar da aparência física, da barriguinha, de rugas e da estética depende de cada um!A estética não deve ser a preocupação fundamental da pessoa...isso é clichê, mas sempre conta! O texto é pertinente, e bem pensado...se Herbert precisou passar por um acidente para pensar nas coisas mais importantes da vida, é dele! Se todos levássemos em conta, que da vida não levamod nada nem o corpo sarado...seríamos bem mais felizes! :)
beijos meus

Luci Lacey disse...

Rosa

Se sentir bem com o corpo e corrigir uma barriguinha, seios, tirar um papinho, va la, mas realmente tem pessoas que perderam o senso.

A conquista da vida contando somente com a beleza.

Beijinhos e boa semana.

Sombra do Sol disse...

Olá bom dia, será que para o amor sobreviver é necessário tanta vaidade? Acredito que não, pois quando se tem amor no real sentido da palavra, a pessoa amada não existe defeito, pois a beleza da pessoa está no interior, no coração, na alma. E aí não ha cirurgia que mude. Tenha uma excelente semana com muita paz, saúde e luz. Abraços fraternos do amigo.

Sonho Meu disse...

Rosa,
Aqui a gente nao ver esse culto a beleza como existe no Brasil. As pessoas aqui tem outros ideais e prioridades e me parece que aceitam mais a passagem dos anos e as imperfeiçoes. O problema do Brasil é o narcisismo. Todo mundo tem que ser lindo, perfeito, sem rugas,pelancas, varises ou qualquer imperfeiçao e eu sinceramente nao me encaixo e nunca me encaixei nessa cultura de beleza. Sou o que sou... o tempo pra mim tá passando e to adorando conviver com minhas rugas, cabelos brancos e outras coisitas mais. Por que lutar contra o tempo? Não é mais facil aceitar o óbvio.
bjos,
me

Meire disse...

Menina que texto bom!

andre wernner disse...

Achei bastante interessante, Rosa!
Não deixa de ser uma grande verdade, independente da situação pessoal dele, e seus problemas.
Mas, realmente, os valores estão se modificando e tudo parece ficar mais pobre. O comércio, a estética exagerada e o deslumbre estão matando valores, até então indispensáveis.
É uma pena. Nesse Caso Herbert tem razão.
Abs

Maria Helena disse...

Rosamaria,
O texto é bom.
A inversão de valores é bem real, e assusta. Os princípios, os sentimentos,o caráter,são coisas do
passado,e hoje são ridicularizados.
Bjs

Ana disse...

Eu gostei do texto.
Se todas as pessoas ditas "formadoras de opinião", (como são os cantores e artistas em geral) fizerem alertas como este, talvez as coisas possam tomar outro rumo e a vaidade seja mantida num patamar saudável, desejável!

Boa idéia, esta, de publicar as coisas que tu leste e achaste interessante, Rosinha!

Beijoooo!

 
^